As meninas cá de casa

As meninas cá de casa
dezembro/2015

terça-feira, 31 de março de 2015

Coelhos da Páscoa em tricot

Quem quiser oferecer lembranças na Páscoa personalizadas ainda vai a tempo de o fazer já que estes coelhinhos que hoje aqui vos deixo são do mais simples e rápido de tricotar.
Eu segui um esquema em fotos que vi na net mas também encontrei uma explicação muito bem feita aqui
basta seguirem as indicações!

Estes fiz sentadinhos

Estes fiz na versão deitados (aproveitando restinhos de lã) e em alguns colocando um saquinho com ovos de chocolate atado no pescoço :-)

Este fiz em algodão visto que era para um bebé e personalizei com a letra do nome dele

segunda-feira, 30 de março de 2015

PAP # 1 (estojo em tricot)

Hoje deixo-vos um "passo a passo" de um artigo em tricot simples de fazer e muito útil e versátil, que pode ser feito com um restinho de lã e um restinho de tecido.


Material necessário: fita métrica, tesoura, linha e agulha de coser tecido, agulha curva, lã para coser, fecho metálico, uma tira em tricot com cerca de 45cm de altura (esta foi feita com agulhas circulares n.º 4 e com 24 malhas de largura e em liga do direito e avesso), uma tira de tecido com o mesmo tamanho da tira de tricot, artigos decorativos (neste caso: joaninhas em feltro)


dobra-se a tira de tricot ao meio (na vertical) e cosesse as laterais deixando um espaço por coser como mostra a imagem anterior

faz-se o mesmo procedimento com o tecido, dobrando ao meio na vertical, com o direito do tecido para dentro e cosendo as laterais do avesso, como se pode ver na imagem anterior

coloca-se o tecido já cosido dentro da tira de tricot já cosida, posiciona-se o fecho metálico (fecho da vóvó) e como a agulha curva com lã da cor da tira de tricot cosesse a tira de tricot juntamente com o forro de tecido ao fecho, passando com a agulha curva com a lã pelos buraquinhos do fecho como mostra a imagem anterior

Nesta imagem pode-se ver o aspeto exterior do estojo em tricot

Por fim cosem-se os artigos decorativos escolhidos (aqui foram as joaninhas)

E o estojo está pronto a utilizar, dá para colocar material escolar

Dá para guardar produtos de maquilhagem

Dá para guardar óculos de sol...

Eu gostei do resultado final e vocês?


sábado, 28 de março de 2015

Colar primaveril


Colar em tricot
Tricotado com fio Carícia da Rosarios 4
3 cores diferentes
Agulhas circulares n.º 4
Ideal para aproveitar restos de fio ou para tricotar uma oferta rápida de fazer

Execução: Indicações básicas
Cordões cor de rosa: 1 com 120 malhas e 1 com 130 malhas
Cordão verde: 1 com 230 malhas
Cordão branco: 1 com 250 malhas

Colocam~se as malhas na agulha, faz-se uma carreira em liga do direito e outra do avesso e remata-se em liga na próxima do direito, usa-se este procedimento para a execução de cada um dos cordões, no fim unem-se todos e cose-se apenas num sítio (todos de uma vez)

Flores: 
2 cor de rosa
2 verdes
1 branca

Todas feitas das seguinte forma: colocam-se 37 malhas na agulha, faz-se uma carreira em liga e na próxima carreira remata-se uma malha e fica na agulha, rematam-se as 6 malhas seguintes e a última fica na agulha, remata-se mais 6 malhas e a última fica na agulha, repete-se este procedimento até ter malhas na agulha, depois corta-se a ponta do fio deixando tamanho suficiente para coser a flor, coloca-se o fio numa agulha de coser lã, passa-se o fio pelas malhas que ficaram na agulha e forma-se a flor, cosendo do avesso para a flor não se desmanchar e pode coser-se logo com o mesmo fio no cordão do colar onde se pretende colocar a flor.


quarta-feira, 25 de março de 2015

Amostra # 2 (mantinha de bébé)


Mantinha de bebé em tricot

Esta é uma amostra do que será a 1.ª mantinha da minha segunda menina, a diferença será na cor, vou fazer em cinza claro.
Nesta amostra usei o fio Carícia n.º 28 da Rosários 4
Agulhas circulares n.º 4
O "folho" foi feito no final, levantando com as agulhas as malhas das laterais (cada lateral feita de uma vez e foram unidas no final com costura invisível)
Para fazer o efeito "folho" trabalhei na 1.ª carreira de cada lateral 2 malhas numa, isto é, em cada malha que levantei fiz duas malhas, como o "folho" é feito em canelado 1/1 em cada malha da carreira inicial fiz 1 meia e 1 liga, ficando assim com o dobro das malhas da lateral e dando o efeito de folho que era o que pretendia.

O ponto utilizado no meio foi o que evidencio no esquema seguinte, pedindo desde já desculpa pela qualidade da foto.


Não sei se este ponto já existe ou não, muito provavelmente sim, mas eu dei-lhe o nome de "ponto Diana", já que vai servir para fazer a 1.ª mantinha da minha filhota que se vai chamar Diana.
Por vezes gosto de pegar num papel quadriculado e começar a desenhar pontos e esquemas para ver o que paira na minha cabeça, depois passo do papel para as lãs e agulhas para analisar se é exequível ou não, muitas vezes não fica nada do que eu imaginei mas ontem este ponto agradou-me bastante depois de executado e foi o escolhido para a futura mantinha, gostam? 

terça-feira, 24 de março de 2015

As 18 semanas de gravidez e o tricot





Tricotei esta camisola quando ainda não estava grávida mas tem-se adaptado lindamente ao meu novo estado, é muito confortável
Fio utilizado: Boolero da Rosários 4
50% algodão + 50% bambu (tem tendência a esticar)´
Penso que necessitei de 6 novelos de 100 gramas
Lavável na máquina a 30º
Usei agulhas circulares n.º 5
Tamanho da camisola: 38

Execução: Indicações básicas
Quer as costas quer a frente foram feitas todas a direito, sem cavas e sem decote (decote à barco)
Inicia e termina com 5 carreiras de liga (contadas apenas do direito)
Usei um esquema rendado adaptado de um artigo que vi algures na net (não sei precisar onde)
As costas e a frente têm 2 esquemas rendado e as mangas têm um esquema cada uma feito a meio da manga.
O esquema que usei foi feito da seguinte forma:
1.ª carreira: 2 liga; 11 meia; 2 liga; 11 meia; 2 liga
2.ª carreira e todas do avesso em liga
3.ª carreira: 2 liga; 7 meia; 3 acavaladas ficando apenas com 1; 1 laçada; 1 meia; 1 laçada; 2 liga; 1 laçada; 1 meia; 1 laçada; 3 juntas em meia; 7 meia; 2 liga;
5.ª carreira:  2 liga; 5 meia; 3 acavaladas ficando apenas com 1; 1 meia; 1 laçada; 1 meia; 1 laçada; 1 meia; 2 liga; 1 meia; 1 laçada; 1 meia; 1 laçada; 1 meia; 3 juntas em meia; 5 meia; 2 liga;
7.ª carreira:  2 liga; 3 meia; 3 acavaladas ficando apenas com 1; 2 meia; 1 laçada; 1 meia; 1 laçada; 2 meia; 2 liga; 2 meia; 1 laçada; 1 meia; 1 laçada; 2 meia; 3 juntas em meia; 3 meia; 2 liga;
9.ª carreira:  2 liga; 1 meia; 3 acavaladas ficando apenas com 1; 3 meia; 1 laçada; 1 meia; 1 laçada; 3 meia; 2 liga; 3 meia; 1 laçada; 1 meia; 1 laçada; 3 meia; 3 juntas em meia; 1 meia; 2 liga;
Repetir da 3.ª à 9.ª carreira até ter o tamanho desejado.

Fiz as costas e a frente com 92 malhas
Altura total das costas: 55 cm

Na manga comecei com 44 malhas e fui aumentando dos 2 lados até ter 54 malhas perto do final
Altura da manga: 40 cm

sábado, 21 de março de 2015

Coelho da Páscoa ou talvez não!

Coelho em tricot
As crianças gostam muito porque ele abana todo e é muito fofinho
Feito em fio 100% algodão
Natura da Miltons como este mas noutros tons
Agulhas circulares n.º 5
Cheio com drakalon (material de enchimento dos edredons) para ser possível lavar na máquina
A camisola foi personalizada com a letra do nome da menina que ficou com ele

Execução: Indicações básicas
Todo feito em liga do direito e do avesso, com exceção da camisola que pode ser personalizada a gosto

Pés e Pernas
30 malhas - 8 carreiras em liga (contadas apenas do direito)
Próxima carreira: 14 malhas; 2 juntas em liga; 14 malhas
todas as carreiras do avesso em liga e sem alterações
Próxima carreira: 13 malhas; 3 juntas em liga; 13 malhas
e assim sucessivamente até ficar: 5 malhas; 3 juntas em liga; 5 malhas
Tricotar 15 carreiras (contadas do direito) com as 11 malhas que ficaram e rematar.

Braços
12 malhas
tricotar 14 carreiras (contadas do direito)
diminuir uma malha de cada lado até ficar só com 2 malhas e rematar

Corpo
20 malhas
tricotar 20 carreiras (contadas do direito)
Próxima carreira: 2 liga; rematar 4; restantes em liga e terminar rematando 4 e tricotando 2 em liga
Na carreira do avesso acrescentar no mesmo local e em mesmo número as que se remataram na carreira anterior, ficando com 2 "buracos" que servirão para encaixar as pernas.
tricotar 20 carreiras (contadas do direito) e rematar

Cabeça
Tricotar como se fosse um gorro
40 malhas
18 carreiras (contadas do direito)
1 liga; 2 juntas; 8 liga; 2 juntas; 2 juntas; 8 liga; 2 juntas: 2 juntas;8 liga; 2 juntas;2 juntas; 1 liga
avesso sem alterações
1 liga; 2 juntas; 6 liga; 2 juntas; 2 juntas; 6 liga; 2 juntas: 2 juntas;6 liga; 2 juntas;2 juntas; 1 liga
avesso sem alterações
e assim sucessivamente diminuindo sempre 2 malhas de liga em cada nova carreira do direito até ter apenas uma carreira em que seja sempre 1 liga; 2 juntas; 2 juntas; 2 juntas; 2 juntas,... 1 liga
rematar quando tiver uma carreira apenas com 4 malhas

Orelhas
12 malhas
10 carreiras (contadas do direito)
diminuir uma malha de cada lado até ter apenas 1 ou 2 malhas

Ir enchendo e cosendo as várias partes do corpo com costura invisível desta forma
Bordar os olhos e o nariz e vestir fazendo uma camisola a gosto ou vestido ou outro tipo de roupa, no caso do coelho com a camisola vermelha simples fiz da seguinte forma:

30 malhas
3 carreiras em liga dos 2 lados (contadas apenas do direito)
26 carreiras em meia do direito e liga do avesso (contando dos 2 lados)
acrescentar 10 malhas de cada lado (para fazer as mangas) tricotando as últimas 3 malhas de cada lado em liga para fazer como se fosse o punho de cada manga
Na 7.ª carreira seguinte: 3 liga; 15 meia; rematar 14; 15 meia; 3 liga
Na carreira do avesso acrescentar as 14 malhas que se remataram na carreira anterior, fica um "buraco" que é o decote da camisola
Tricotar mais 6 carreiras
Rematar 10 malhas de cada lado (mangas)
26 carreiras em meia do direito e liga do avesso (contando dos 2 lados)
2 carreiras em liga e rematar do direito em liga por forma a ficar com 3 carreiras de liga contadas do direito.
Vestir a camisola no coelho e costurar as laterais e as mangas.

Todo o "coelho-teste" foi feito a olho mas como gostei do resultado final anotei os passos que fui fazendo para puder recriá-lo mais tarde.
É original para oferecer com um saquinho de ovos de chocolate como o da imagem seguinte por altura da Páscoa, por exemplo, ou simplesmente oferecer como brinquedo, certamente vai fazer sucesso a quem o oferecerem, eu sei por experiência própria :-)

"Coelho-teste"
Este foi o primeiro coelho em tricot que fiz para testar a minha ideia, foi feito com uns restos de fio acrílico que tinha cá em casa e foi a oferta da Páscoa para a minha filha, ela gostou tanto que não largou o novo amiguinho durante o dia todo com se pode comprovar nas fotos seguintes :-)



quarta-feira, 18 de março de 2015

Menina a bordo


Vem aí mais uma menina cá para casa e eu estou muito contente!
O cor de rosa irá dominar as próximas criações de tricot

segunda-feira, 16 de março de 2015

Colete em algodão reciclado com franjas


Colete em algodão reciclado
Tamanho 4/5 anos
Fio: Re-use da Rosários 4
100% algodão reciclado feito a partir de calças de ganga, no fim de trabalhado fica com o toque das calças de ganga, para mim só tem um problema: deita um pouco de tinta
Adquirido na Deltrilã (Porto)
Novelos de 100 gramas
Agulhas n.º 5
Lavagem à mão

Execução: Indicações básicas
Trabalhado todo da seguinte forma:
1.ª carreira: 1 malha ourela, *2 juntas em meia, 1 laçada *, repetir de * a *, terminar com uma malha de ourela;
2.ª carreira e todas as do avesso: liga;
3.ª carreira: 1 malha de ourela, * 1 laçada, 1 acavalada*, repetir de * a *, terminar com uma malha de ourela;
repetir sempre da 1.ª à 3.ª carreira

Costas
50 malhas
altura até à cava: 8 cm
Para a cava diminuir de cada lado: 3+3+2+1+1
Altura total: 27 cm
Quando faltava apenas 2 carreiras para o fim das costas fiz um decote deixando 8 malhas para cada ombro, ou seja, matei 14 malhas centrais.

Frente
Igual às costas, a única diferença é a altura a que fiz o decote, matei 14 malhas centrais quando tinha 13 cm de altura total, trabalhando depois cada alça em separado com 8 malhas cada.

Franjas
Cada franja tem 3 fios com cerca de 25 cm de altura cada uma, podem ver como se aplica as franjas aqui neste caso nem precisei de usar a agulha de croché para aplicar as franjas porque usei os buracos das laçadas e o espaçamento que usei foi laçada sim laçada não.

Foi um trabalho super rápido de fazer e a minha princesa adora abanar-se com o colete para ver as franjas a "dançar" :-)

Não é uma peça que sirva para aquecer mas dá um certo ar hippie ao visual, concordam?

domingo, 15 de março de 2015

Bolero de menina + laço para cabelo


Bolero + laço para cabelo
Tamanho: 3/4 anos
100% algodão mercerizado
Catania da SMC
Novelos de 50 gr. 
Agulhas: 2,5 - 3,5
Lavável a 30º
Fio adquirido na Deltrilã (Porto)

Este fio faz um trabalho muito bonito e muito certinho, mesmo trabalhado à mão parece que foi feito à máquina, é um fio brilhante e sedoso com cores vivas e fantásticas

Execução: Indicações básicas
Os artigos são feitos em meia do direito e liga do avesso com bainhas "dente de gato"

Bolero

Bainhas "dente de gato" (muito simples de fazer e muito bonitas)
Iniciar com uma linha de cor diferente e com a quantidade de malhas que se vai trabalhar de seguida
Neste caso fiz 8 carreiras de altura (4 de meia do direito + 4 de liga do avesso)
Na próxima carreira do direito trabalhar a carreira toda da seguinte forma: *2 malhas juntas em meia, 1 laçada*, repetir de * a * (fazer uma malha de ourela em meia no início e no fim da carreira)
Trabalhar mais 8 carreiras ( 4 em liga do avesso + 4 em meia do direito)
Na próxima carreira do avesso pegar numa agulha auxiliar, dobrar a altura do trabalho feito ao meio por forma a que a carreira da malhas juntas e laçadas forme os biquinhos (dentes de gato), ir desmanchando com a agulha auxiliar a 1.ª carreira que se fez com a linha de cor diferente e ir trabalhando na carreira toda 2 malhas juntas em liga de cada vez (1 malha da carreira inicial + a malha da carreira que se está a trabalhar) ficando assim com a bainha feita.

Costas: 
70 malhas
Altura até à cava: 8 cm
Altura da cava: 12 cm
Altura total: 20 cm
Para a cava matei: 4+3+2+1 de cada lado
A 19 cm de altura total matei para o decote das costas: 12 (ao centro) + 2+2+1 (de cada lado) ficando cada ombreira com 14 malhas

Frente:
30 malhas (cada)
Quando se acaba de matar para a cava deve-se começar o decote em "V" diminuindo malhas sequencialmente até ficar com 14 malhas na ombreira
As barras da frente são feita no final, costura-se as ombreiras, enfia-se as agulhas nas malhas laterais das frentes desde a baínha, dando a volta pelas 2 frentes e pelas costas, no total tem 120 malhas e trabalha-se de forma a fazer a "baínha de gato", neste caso não se inicia com linha de cor diferente, trabalha-se normalmente as 4 carreiras de meia do direito + as 4 de liga do avesso, faz-se a carreira de malhas juntas e laçadas, trabalha-se mais 8 carreiras, remata-se do lado do avesso, dobra-se ao meio e cosesse com agulha de coser lã.
As frentes prendem com 2 cordões feitos com 3 malhas (meia do direito e liga do avesso cosidos de forma invisível do direito, cada um tem 20 cm de altura e são cosidos no final na parte de dentro da barra, na altura do início do decote em "V"

Manga:
50 malhas no início
Ir aumentando de um lado e do outro até ficar com 60 malhas no total antes de chegar à altura da cava
Altura até à cava: 22 cm
Altura da "cabeça da manga":  8 cm
Altura total: 30 cm
Cabeça da manga: ir matando dos 2 lados para fazer a forma arredondada, até ter apenas 10 malhas
exemplo: matar de cada lado 3+3+2+2+1+1+2+1+1+2+1+2+2+1+1

Laço para o cabelo

20 malhas
Iniciar com linha de cor diferente
Neste caso fiz 8 carreiras de altura (4 de meia do direito + 4 de liga do avesso)
Na próxima carreira do direito trabalhar a carreira toda da seguinte forma: *2 malhas juntas em meia, 1 laçada*, repetir de * a * (fazer uma malha de ourela em meia no início e no fim da carreira)
Trabalhar mais 15 carreiras ( 8 em liga do avesso + 7 em meia do direito)
Na próxima carreira do direito trabalhar a carreira toda da seguinte forma: *2 malhas juntas em meia, 1 laçada*, repetir de * a * (fazer uma malha de ourela em meia no início e no fim da carreira)
Trabalhar mais 8 carreiras ( 4 em liga do avesso + 4 em meia do direito)
Na próxima carreira do avesso pegar numa agulha auxiliar, dobrar o trabalho feito por forma a que as carreiras das malhas juntas e laçadas formem os biquinhos (dentes de gato), desmanchar com a agulha auxiliar a 1.ª carreira que se fez com a linha de cor diferente e manter as malhas todas nessa agulha, coser usando a técnica de Grafting
Para formar o laço, peguei numa agulha de coser lã e com um fio comprido dei várias voltas no meio e apertei para o laço ficar formado, com o mesmo fio cosi uma mola na parte de trás do laço para conseguir colocá-lo no cabelo. Cosi as laterais com costura invisível.

Nota: também usei a técnica de Grafting para unir os ombros e nas restantes costuras usei costura invisível

Ficou um trabalho perfeito (modéstia à parte) que parece tricotado na máquina, devido ao fio utilizado e às técnicas de acabamento.











sexta-feira, 13 de março de 2015

Fios #1



Acabei de receber este fio (com que eu adoro tricotar) que tem como destino a 1.ª manta do enxoval da minha segunda criança que vem a caminho, como ainda não sei se é menino ou menina optei pelo tom cinza claro, para fugir um bocadinho ao tradicional branco, amarelo, verde,... não é que não goste mas apeteceu-me fazer nesta cor, se for menina combina muito bem com uma fita rosa e se for menino com uma fita branca, azul ou num tom de cinza diferente, por exemplo.
Este fio é o Carícia da Rosários 4 cor n.º 20
É especial para bebé, é hipoalergénico e tem tratamento final com aloé vera
Tem um toque super macio
Os novelos são de 50gr. e é lavável a 30º
Adquiri este fio na Lindentea
Um site onde pode adquirir fios desta marca portuguesa "Rosários 4"
São muito rápidos a responder aos nossos pedidos e gosto do gesto de mandarem um esquema de tricot em cada encomenda, já tenho uns quantos cá em casa.
Os meus parabéns à Lindentea pelo profissionalismo com que trabalha.


Sapatinhos de menina (bebé)







Todos estes sapatinhos foram feitos da mesma maneira, a única coisa que muda é o adorno (flor, ursinho e lacinho)
Fio de bébé antialérgico
Agulhas n.º 4
2 molas de pressão para cada par de sapatos


Execução: Indicações básicas
Segui o esquema apresentado no blog Dona Maria (é muito simples e rápido de fazer) até à carreira 21
Depois rematei do direito 6 malhas centrais (peito do pé) e comecei a tricotar em liga dos 2 lados e acrescentando 14 malhas para fazer a "passadeira", num sapatinho acrescenta-se dum lado e no outro sapatinho acrescente-se do lado oposto, a altura da passadeira são 4 carreiras de liga (contadas apenas do direito) remata-se em liga também do direito.
No fim cose-se a mola de pressão como mostra a segunda foto e cose-se o adorno escolhido.
Ficam bonitos, quentinhos e femininos.



quarta-feira, 11 de março de 2015

Amostra # 1


Amostra para testar o esquema abaixo e um fio que tinha cá em casa
Fio: Damasco da Rosários 4
70% Algodão
30% linho
Novelos de 100gr. adquiridos na Deltrilã (Porto)
Agulhas 4
Vai ser aplicado num modelo de verão que vou iniciar agora, assim que estiver pronto publicarei aqui.


domingo, 8 de março de 2015

A minha primeira meia




A minha primeira meia
feita para testar a técnica das 5 agulhas
receita gratuita no Ravelry aqui


segunda-feira, 2 de março de 2015

Gola multiusos



Gola multiusos
Fio da marca: Rosários 4
Não me recordo o nome concreto do fio (comprei um novelo de 100gr. para testar)
Agulhas n.º 6

Execução: Indicações básicas
30 malhas
*5 liga, 5 meia*, repetir de * a * até ao fim
do avesso trabalhar as malhas como elas se apresentam
quando tiver o tamanho de quadrados fazer quadrados desencontrados, isto é, em cima das 5 malhas de liga faz-se 5 malhas de meia, em cima das 5 malhas de meia faz-se 5 malhas de liga e assim sucessivamente
o tamanho que fiz foi até ter novelo (100gr.)
por fim, uni as pontas e costurei de forma a não ficar uma costura grossa.

domingo, 1 de março de 2015

Bolero + pochete

Bolero & Pochete a condizer
Bolero: tamanho 36/38
Pochete. tamanho único
Fio: Carícia da Rosários 4
Agulhas n.º 4
Fecho para a pochete
Tecido preto para forrar a pochete

Execução: Indicações básicas
Bolero
Costas
100 malhas
Todo o bolero é rendado (utilizando o esquema abaixo descrito) com exceção do início das costas, frentes e mangas em que se faz 5 carreiras de liga do direito e do avesso (contadas apenas do direito). As barras laterais e o decote são feitos com 4 carreiras de liga do avesso e do direito.
Altura até à cava = 12 cm
Altura total = 28 cm
Para a cava diminuir de cada lado 3+2+2+1

Frente
45 malhas cada
Altura até ao decote: 20 cm
Para o decote diminuir de cada lado 3+2+2+1
Abotoa com 2 "botões" e uma fita feitos em tricot da seguinte forma: 
3 tiras separadas em tricot, cada uma com 30 malhas, faz-se uma carreira em liga e remata-se em liga na carreira seguinte.
2 das tiras enrolam-se em círculo para formar os "botões" e cosem-se para não perderem a forma. Cosesse um "botão" em cada uma das frentes na zona do decote.
Com a última tira unem-se as pontas e cosesse a um dos botões, depois faz-se uma forma em 8 para abotoar no "botão" da outra frente como mostra a imagem seguinte:
a cor é diferente mas este é o ponto utilizado nos artigos acima

Manga
Início = 44 malhas
5 carreiras de liga do direito e do avesso (contadas apenas do direito)
Ponto rendado em toda a parte restante.
Vais-se aumentando até ter mais 10 malhas de cada lado, antes de chegar à cava deve ter 64 malhas no total
Altura até à cava = 38 cm
Altura total = 50 cm

Esquema rendado utilizado no Bolero e na Pochete:

(elaborado com base num esquema que encontrei na net)

Pochete:
Início = 40 malhas e 2 carreiras em liga do direito e do avesso (contadas apenas do direito)
De seguida faz-se 3 cm já com o esquema rendado
Vai-se aumentando dos 2 lados até ter mais 10 malhas de cada lado (trabalhando tudo com o esquema rendado)
Faz-se 15 cm a direito (com igual n.º de malhas) sempre com o esquema rendado
Depois vai-se diminuindo 10 malhas de cada lado (da mesma forma que se aumentou antes)
Faz-se mais 3 cm e termina com 2 carreiras de liga.
Corta-se o tecido para o forro com igual forma da pochete, forra.se com o tecido, cosem-se as laterais, por fim cosesse o fecho.